Domingo 8

IMG_20180708_103100_777

Acordei às cinco e trinta, preparei o necessário e saí para pedalar às seis e dezoito. Avenida Norte, Estrada dos Macacos completa e segui em frente pelos paralelepípedos no Vale das Pedreiras, a rua vai estreitando até virar um single track e por fim desce acentuadamente até uma rua larga de asfalto. Jardim Primavera e Vila da Fábrica, o novo shopping Camará começou a funcionar, Alto da Boa Vista  e logo depois subi para Timbi, mas por trás da Prefeitura de Camaragibe, até descer novamente na principal.

Encontrei com um cicloviajante, parei para conversar. Ele vinha de Manaus, uma viagem de oito meses até aquele momento. Usava roupa de ciclista, mas a bagagem parecia meio desarranjada, umas mochilas amarradas de qualquer modo na estrutura da bicicleta. O trecho mais recente que ele fizera até Camaragibe havia começado em Custódia, ao meio-dia do sábado. Ou seja, cerca de trezentos e trinta quilômetros de uma só vez. Doido, eu pensei. Ele ia se hospedar na casa de um Warmshower. Desejei boa sorte e segui até São Lourenço, entrei à esquerda pela ponte Miguel Arraes-eca.

Peguei a Avenida Oriental até entrar na BR-408. Segui até o Curado e entrei pelo bairro, saindo na 232 e retornado pelo acostamento melhor da contramão. Três ciclistas me pararam para saber como chegar à Arena e expliquei a eles. Mais na frente, um grupo de ciclista me parou para perguntar sobre o meu farol, onde havia comprado e etc. Segui por trás da Cidade Universitária e cruzei para Engenho de Meio, cruzei a Caxangá e depois Torre, Santana e casa.

Início: 6:18 – fim: 9:33 – tempo total: 3:15 – tempo em movimento: 3:05 – tempo parado: 10 minutos – distância: 56 km.

Advertisements

Solo de domingo

2018-7-1

Pedal solo de domingo. Acordei cedo e às seis e quinze já iniciava o passeio solo. Segui Avenida Norte, BR-101, fiz o retorno por baixo da rodovia no início da Estrada dos Macacos, voltei pela 101, Dois Irmãos, subida da UR-7, descida, Arena, BR-408, contornei o Curado, parei no posto de Santo Aleixo e fiz um lanchinho. O odômetro marcava 31 quilômetros. Comecei o retorno, BR-232, Cidade Universitária, paralela da Caxangá, Santana e cheguei em casa às nove horas com 51 quilômetros de pedal.