Minas Gerais: de Alagoa até Passa Quatro (66 km)

Café da manhã e me despedi de Guela-Magrela, a proprietária da Pousada Flores da Mantiqueira. Ainda em Alagoa, passei pela insólita Igreja Wesleyana.

A saída da cidade é por asfalto, mas logo o asfalto dá lugar à uma estrada de terra larga, com belos panoramas. Quando some o asfalto, começa uma enorme subida de 11 km, na qual se sai de 1100 metros para 1800 metros de altitude. É uma subida que parece infinita. A gente sobe tanto que os picos que eu via lá de baixo, agora estavam ao meu lado, na mesma altitude. Aos 1800 m, parei e fiz um lanchinho, estava até tonto, não sei o motivo. Tomei um achocolatado, comi três fatias de pão, e água.

Até chegar ao topo, havia sol com nuvens, mas o tempo vinha mudando e nuvens negras apareciam sobre as serras. Coloquei o corta-vento, pois imaginei que viria alguma descida e que ia fazer frio.

Pois começa ali uma descida de 20 km. O vento era muito frio, congelante, e começou a chuviscar. A paisagem na descida é bonita, mas quase não tirei fotos, pois meus dedos estavam duros de frio, e eu não queria ficar muito tempo por ali, pois a chuva poderia ficar mais forte. É curioso que no lado da subida, a vegetação é menor, mais agreste, e no lado da descida, a vegetação é de matas fechadas. Além disso, na subida é estrada de terra e na descida é calçamento de blocos hexagonais.

Bom, com tanta descida, cheguei rapidíssimo na cidade de Itamonte. Cidade sem graça, não gostei, era cedo, então almocei em um self-service sem balança, não exagerei na quantidade para poder pedalar mais leve. Inicialmente, pensava em ficar em Itamonte, mas como não gostei da cidade, continuei.

Peguei uma estrada de terra para a cidade de Itanhandu e, antes de chegar a essa cidade, vi uma outra estrada que seguia ao lado do Rio Verde, na direção de Passa Quatro. Peguei essa estrada e, enquanto ela seguia ao lado do rio, as subidas eram suaves, mas quando ela se afastou do rio, as subidas ficavam cada vez mais fortes. Subia e subia. Encontrei um rapaz que vinha com três cachorros e perguntei a ele se a estrada continuava subindo até Passa Quatro e ele me disse que não, que agora era só descida. E foi mesmo. Um descidão com muitas curvas e bela paisagem até perto de Passa Quatro.

Entrei na cidade, que é muito mais simpática que Itamonte e me hospedei em uma pousada.

O nome da cidade se deve a que os bandeirantes faziam um pouso aqui, e para chegar a esse pouso, era necessário cruzar o mesmo rio quatro vezes. O rio acabou recebendo o nome de Passa Quatro, e o pouso virou povoado com o mesmo nome.

0sem-titulo

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Alagoa – Passa Quatro

Advertisements

Minas Gerais: de Aiuruoca até Alagoa (33 km)

Um dos trechos mais bonitos de toda a viagem, esse entre Aiuruoca e Alagoa. A estrada de terra passa no meio da Mantiqueira, seguindo o Rio Aiuruoca na maior parte do tempo.

Não dá para fazer esse trajeto com pressa, na rapidez. A altimetria é difícil e, a cada curva, surge uma beleza diferente, uma montanha diferente, uma nova vista do rio. Além do Rio Aiuruoca, há outros rios, riachos e córregos que descem a serra em direção ao Aiuruoca. E este rio vai descobrindo um caminho por entre as montanhas rochosas.

A visão do Pico do Papagaio nos acompanha por muitos km, pois a estrada vai contornando a região dessa montanha. Inúmeros outros picos são visíveis, tanto à esquerda quanto à direita da estrada, mas só consigo identificar pelo nome um deles, pois seu perfil pontudo é inconfundível, o Pico do Cristal.

Não há muito a falar, a região é bela e surpreendente, dá vontade de passar por aqui novamente, um dia. As minhas pobres fotos não traduzem suficientemente a beleza da Mantiqueira.

Cheguei em Alagoa e os poucos restaurantes já não estavam servindo almoço, mas encontrei o da Dona Inês, e ela preparou um prato para mim. A carne foi costelinha de porco, prato preferido de Baga. Depois do almoço, me hospedei na excelente Pousada Flores da Mantiqueira, com preço baixo no padrão ER. A proprietária se chama Iracema, mas todos a conhecem por Guela, derivação do apelido de infância, Magrela.

0Sem título

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA