Minas Gerais: de Cruzília até Aiuruoca (47 km)

A rota “oficial” da Estrada Real é Carrancas – Cruzília – Caxambu – Passa Quatro. Nesse trecho, eu estou desenhando um grande S, fora da rota. Na primeira perna do S, fiz Carrancas – Luminárias – São Thomé – Cruzília. Na segunda perna, vou fazer Cruzília – Aiuruoca – Alagoa – Itamonte – Passa Quatro.

Isto porque quero passar por dentro da Serra da Mantiqueira, enquanto que a ER passa por fora da serra. Esse trajeto por dentro da Mantiqueira, faz parte, também, de uma outra rota que se chama Caminho dos Anjos.

Bom, ontem à noite, fui até a praça de Cruzília para fotografar a igreja, que fica iluminada de verde. A igreja estava aberta e entrei para dar uma olhada. Foi a primeira vez que vi, no altar, uma bandeira do Brasil e uma do Vaticano.

A Pousada Cruzília é uma das melhores da Estrada Real. Preço baixo, quartos novos e bonitos, ótimo café da manhã. Saí da pousada e pedalei pela cidade em busca de uma borracharia, mas a que encontrei estava fechada. Quase na saída da cidade, encontrei um casal que estava fazendo a sua pedalada de domingo. Eles já fizeram algumas viagens curtas de bicicleta, como por exemplo de Cruzília até Paraty, o trecho final da ER. Conversamos um bocado e nos separamos, pois apesar da minha bagagem eles iam mais lentamente.

O trajeto de Cruzília até Aiuruoca foi todo por rodovias asfaltadas, todas bastante tranquilas e a principal delas com excelente acostamento. Esse trajeto tem belas paisagens, pois começo a me aproximar da Mantiqueira e o relevo vai se tornando mais montanhoso. Passei por uma ponte abandonada que foi transformada em curral pelo sitiante vizinho. Passei por algumas das Fazendas Centenárias da região, que inclusive hospedam visitantes. E, curiosamente, passei pela entrada para o povoado dos Pedros.

A Serra da Mantiqueira logo começou a dominar o horizonte a minha direita, com o impressionante Pico do Papagaio em destaque. Junto ao Pico do Papagaio fica a cidadezinha de Aiuruoca, que significa, em tupi, casa do papagaio.

Logo na entrada de Aiuruoca, encontrei uma borracharia e deixei minhas câmaras de ar lá para serem remendadas. Passei pela igreja no centro da cidade, estava aberta, entrei. Igreja sem maiores destaques, apenas uma curiosa imagem de uma santa com uma adaga no coração, não sei qual santa é representada dessa forma. Dei uma longa volta pela cidade olhando a cara das pousadas. A que mais me agradou era, também, restaurante self-service com fogão à lenha. Almocei e me hospedei nessa Pousada Dois Irmãos. Mais tarde, voltei a pé até a borracharia e peguei minhas câmaras consertadas, cinco reais.

Amanhã, a estrada de terra sai de Aiuruoca e entra na Mantiqueira.

0Sem título
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cruzília – Aiuruoca
Advertisements

3 thoughts on “Minas Gerais: de Cruzília até Aiuruoca (47 km)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s