Minas Gerais: de Carrancas até Luminárias (48 km)

Ontem à noite, caiu uma tempestade na Serra de Carrancas, muita chuva e muitos raios. Fui até uma varanda da pousada para ver o fenômeno, uma sequência de raios que caíam à esquerda da cidade. Nenhum que eu tenha visto caiu no pára-raio da igreja. Apesar do temporal, hoje o dia amanheceu apenas nublado e o sol apareceu depois das onze da manhã.

A Pousada Roda Viva, apesar de grande, tem preço padrão ER. O orgulho da pousada, e da cidade, é que mais de seis novelas da Globo foram gravadas na região de Carrancas. Na pousada, há um quadro de fotos de atores globais que se hospedaram e almoçaram ali.

No trajeto de hoje, visitei duas cachoeiras e passei por diversas outras menores. Tanto a cidade de Carrancas quanto Luminárias apresentam muitos riachos com quedas d’água.

Para sair de Carrancas, todas as estradas são de terra, exceto aquela pela qual cheguei. Carrancas se liga, principalmente, a Capela do Saco, Cruzília e Luminárias. Preferi seguir a estrada para Luminárias, pois poderia ver duas cachoeiras maiores, subir a Serra das Luminárias e, no dia seguinte, chegar a São Thomé das Letras.

Meus três leitores-comentadores mais prolíficos são Elis, Alexandre-Águia e Ana Bernadete. Ana acompanha a viagem no mapa da Estrada Real e ela já percebeu que não sigo estritamente a ER. Disse a ela que estou fazendo a minha Estrada Real. Não concordo com certos trajetos que foram estabelecidos pelo Instituto Estrada Real, penso que alguns são aleatórios ou desnecessários ou incômodos demais. Então, vou fazendo do jeito que acho melhor. Já Águia é o mergulhador, isso eu disse a ele. Não pode ver um riacho e diz que mergulharia ali. De minha parte, só coloco a mão na água e está sempre geladíssima. Sol forte, vento frio e água gelada, dá para mim não.

Bom, saí de Carrancas e peguei a estrada de terra para Luminárias. Pode-se ver no mapa do trajeto que saí da rota duas vezes, e foi para visitar cachoeiras, e se pode ver que a rota segue paralela à Serra de Carrancas e depois sobe a Serra das Luminárias.

A primeira cachoeira que visitei foi, também, a mais impressionante, a mais cachoeira de verdade. A Cachoeira da Fumaça tem altura e volume de água. Ela produz, de fato, uma fumaça de água ao bater nas pedras embaixo.

Depois, visitei a Cachoeira Esmeralda que é mais uma descida de água na rocha, e tinha pouca água. Voltei ao trajeto normal e vez em quando aparecia uma cascatinha ao lado da estrada.

Passei pela localidade chamada de Estação de Carrancas, que foi a estação de trem do município. A estação está desativada, mas há um pequeno povoado, e o trem ainda trafega, mas é trem de carga, não de passageiros.

Já via de longe a Serra das Luminárias e enfim cheguei ao subidão. Já haviam me dito, em Carrancas, que seria uma subida difícil. De fato, é uma subida forte, íngreme, longa, com cascalho e pedras soltas em alguns trechos. É difícil, mas foi possível subir tudo pedalando. Havia uma máquina corrigindo um trecho da subida, parecia ter ocorrido um deslizamento de terra naquele trecho.

A paisagem é bela e a serra impressiona. Dizem que desde tempos imemoriais, aparecem pontos de luz nas encostas da serra, à noite, por isso Serra das Luminárias. Serão extraterrestres? Mortos-vivos? Mortos-mortos? Mistério.

Depois de ultrapassar o ponto mais alto da serra, peguei várias descidas até a cidade de Luminárias. Já era tarde, mais de duas horas, achei que não ia encontrar almoço, mas havia um self-service funcionando. Almocei e, depois, me hospedei na Pousada Vó Vevinha, com diária de 40 reais, abaixo do padrão ER.

1Sem título
Trajeto
2Sem título
Altimetria
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Carrancas – Luminárias
Advertisements

5 thoughts on “Minas Gerais: de Carrancas até Luminárias (48 km)

  1. Águia também fica falando das comidas. Kkkkk

    Eu não acompanho pela ER porque não ligo pro caminho, o importante é a diversão.

    Sempre que você fala de subidas íngremes eu imagino um lugar de barro e terra bem em pé, sem dar pra ver o topo e um monte de árvores ao lado.

    Preserve sua vida. Não entre na cachoeira. Proibido esportes radicais, mas entrar na cachoeira já é radical. Kkkk

    Quero ver se você vai passar a noite esperando pra ver os extraterrestres com as Luminárias. Igual fez com o lobo.

    Gostei da foto que encaixou a pena dentro da moldura dos galhos.

    Poxa, trem é tão legal. Chega faz pena não termos aqui. 😦

    E a pousada é mais barata, mas é boa?

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s