20º dia: Taíba – Lagoinha (CE) (51 km)

Acordamos cedo, café da manhã na Pousada Villa da Praia, lubrificação das bicicletas, últimos preparativos, nos despedimos dos proprietários da Pousada, um casal simpático que nos recebeu muito bem.

A maré começava a baixar e, para dar mais tempo a ela, seguimos pelas ruas de Taíba o quanto foi possível. Descemos para a praia e já dava para pedalar ali. Pouco à frente, cruzamos um pequeno riacho, sem mesmo precisar retirar os alforjes, somente carregar as bicicletas para não molhar a tração.

Vimos pela praia grandes peças metálicas, escadas, tambores, pareciam ser de um navio. Mais adiante, encontramos os restos de um navio afundado na beira do mar, já muito destruído pela maresia.

Passamos por baixo de um píer da Petrobrás e chegamos à vila de Paracuru, que fica em uma bela enseada com enorme duna. Depois de Paracuru, há a foz do Rio Curu e lá não há balsa ou barco para travessia. Então, entramos na cidade, que é bem bonita e arrumada. Dizem que ali acontece um animado carnaval. Perguntei a um rapaz que passava de bicicleta onde poderia comprar câmaras de ar, visto que os espinhos cabeça de boi haviam inutilizado a maior parte das nossas. Ele disse que nos levaria até a loja, disparou na frente e, com nossa bagagem, até tivemos dificuldade em segui-lo. Mas vimos onde ele parou, lá na frente, e chegamos lá. Agradeci e nos despedimos dele. Compramos as câmaras e pegamos informação com o pessoal da loja sobre a travessia do Rio Curu. Eles confirmaram que não havia barco, mas que se podia arriscar, tentar encontrar algum pescador.

Preferimos fazer o contorno do rio pela estrada asfaltada. Abastecemos de água, Bagaceira se abasteceu de um creme na loja Boticário da cidade. Partimos pelo asfalto, entretanto, a cada zona urbana das localidades no percurso, o asfalto dava lugar ao que eles chamam aqui de “calçamento”. Ora, é um piso terrível, constituído de pedras solteira, aquelas que não casam umas com as outras. É um bate-bate difícil de passar. Depois dos trechos de calçamento, o asfalto delícia voltava. Antes de chegar em Poço Doce, um rapaz de bicicleta nos alcançou e pedalou a nosso lado. Estava indo almoçar em casa, conversamos um pouco e ele entrou na rua da casa dele.

Depois da localidade de Poço Doce, há uma grande passagem molhada sobre o Rio Curu. Essa região parece bastante próspera, há plantações de cocos e outras frutas e cereais, além de pequenas criações de gado. Entramos  e passamos pela cidade de Paraipaba, uma cidade exportadora de coco. Mais alguns km no sol e com subidas, e chegamos ao nosso destino, a vila de Lagoinha. A vila fica em um morro que desce de forma abrupta para o mar, lembra um pouco a situação de Baía Formosa (RN).

A maior parte das pousadas fica lá em cima do planalto, e só há acesso ao mar por uma única ladeira que desce para a praia. A gente queria ficar perto do mar e, lá embaixo, só havia um hotel. A ladeira de descida é algo com a ladeira da Sé. Para Baga não ter que descer e subir novamente, se não houvesse vaga lá, eu desci para verificar. Havia vaga e com desconto para ciclistas que vinham de Recife, então telefonei para Baga e ela desceu.

Depois de acomodados, caminhamos até a Barraca do Dudé, uma pessoa da cidade nos recomendou o almoço de lá, e citou, em especial, a Surpresa do Mar. Pedimos esse prato, que é bem servido, e se constitui de uma lagosta, um peixe inteiro e camarões, além de baião de dois.

Depois do almoço, descanso, passeio na praia e um excelente banho de mar. À noite, no jantar, um rapaz nos deu ótimas informações sobre as praias pelas quais ainda vamos passar.

Advertisements

One thought on “20º dia: Taíba – Lagoinha (CE) (51 km)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s