Pedal Bagaceira – Olinda

trip-7987858-map-full

No domingo 28, Bagaceira e eu saímos para um pedal leve. Seguimos na direção de Olinda e, quando passamos pelo Varadouro, entramos para visitar a rua da Boa Hora, pois uma amiga, Rosa, havia nos mostrado um belo grafite daquela rua. Encontramos o grafite, fotografamos, mas não falamos com Rosa, pois a casa dela estava toda fechada. Deviam estar dormindo. Continuamos o passeio e seguimos pela ciclovia da beira-mar de Olinda até o final. Voltamos pelas ruas internas dos bairros de Rio Doce, Jardim Atlântico e Casa Caiada. Passamos na casa de amigos, Fernando e Aglaê, para visitá-los, mas ninguém atendeu a campainha. Voltamos para Recife e paramos no Bar do Tonhão para almoçar. Saindo do bar, encontramos com o Comendador Hodsons e Rejane. Depois, casa. Pedalamos 36 km.

DSC_0274
Grafite – não se casariam
DSC_0272
Grafite ao lado da Igreja da Boa Hora
Advertisements

Meio Maré, meio Bagaceira

7974086

Com o grupo Maré Bikers, pedalamos no sábado 27, da Jaqueira até a praia de Itapuama.  Depois da Ponte do Paiva, em lugar de seguir pela ciclovia, fomos pela areia da praia. A maré estava secando e, naquela hora, já dava para pedalar pela praia. Em Itapuama, paramos para reabastecimento, caldo de cana, água, refrigerantes. De lá, o grupo Maré seguiu para a praia de Xaréu. Bagaceira e eu voltamos de lá, pois ela estava cansada e pensava estar atrasando o grupo Maré. Voltamos para Recife e paramos no Biruta Bar, na praia do Pina, para almoçar. Arroz de polvo. Depois do almoço, seguimos pelos arrecifes e atravessamos de barco para o Marco Zero. Tomamos picolés no Frutos do Brasil e continuamos para casa. Pedalamos 75 km.

DSC_0265
Praia do Paiva
DSC_0264
Praia do Paiva
DSC_0266
Biruta Bar
DSC_0267
Picolés Frutos do Brasil